Precisamos falar sobre um assunto delicado.

artwork by deviant artist mayka94
"If you want to kill yourself, kill what you don’t like. I had an old self that I killed. You can kill yourself too, but that doesn’t mean you got to stop living." —Archie’s Final Project

_____________________________________________________________________

Eu ando reclamando bastante ...
além de reclamar eu também ando sumindo bastante, deixando algumas mensagens sem resposta, deixando até meu trabalho de lado.
tem dias, que é difícil até fazer coisas comuns para a maioria das pessoas, como levantar da cama, comer ou tomar banho, não existe glamour nenhum nisso.
eu não me sinto confiante o suficiente para "falar sobre"
tenho um medo enorme de ser mal interpretada e acabar atrapalhando mais do que ajudando
mas também acredito que por ser um assunto tratado como tabu, esse medo de falar dificulte muito a propagação de informações e o conhecimento é necessário para que as pessoas saibam quando procurar ajuda

é muito comum falarmos para as pessoas procurarem um médico por uma doença física
mas é muito raro ver pessoas indicando médicos para cuidar da saúde mental
ou tomando cuidado para não afetar quem passa por um problema assim, por achar que é "frescura"
ou falta de vontade de ser ajudado...
por favor não reproduzam esse discurso da frescura, se você não entende, ouça mais, fale menos

a saúde mental influencia em todos os aspectos da sua vida:
Alguns dados sobre a depressão 
(provavelmente você encontre os estudos específicos na internet com uma pesquisa rápida)

então, sim
é necessário falar sobre isso sim.
mas com seriedade.

eu passei grande parte da minha vida ignorando esse problema por achar que eu tinha controle sobre ele, ou que era "frescura", até finalmente admitir que não existe controle aqui, é uma doença...
você pode lidar com ela, você pode curar ela sim, mas não deixa de ser uma doença
então não tratem como um assunto chato, ou banal
a incidência dela só tende a aumentar...

a maioria dos suicidas é depressivo, nem todo depressivo irá necessariamente cometer suicídio
mas com certeza irá encontrar sua maneira de se matar aos poucos
e julgar, incentivar, ou se manter indiferente a dor dos outros, é cruel demais.

O importante pra quem sofre de algum transtorno psicológico é saber quando é a hora de procurar ajuda, e não ignorar a ajuda recebida das pessoas próximas, mesmo que ela não venha da maneira esperada
quem xinga e fala coisas cruéis muitas vezes também quer ajudar (só não sabe como e faz de uma maneira bem errada, mas né)
converse com pessoas próximas, mas acima de tudo converse com VOCÊ, o silêncio só aumenta a solidão, a solidão só aumenta a dor, e a dor muitas vezes acaba se tornando tão comum, que você se acostuma com ela.
evite se acomodar nesse sentimento de tristeza.

pra quem não passa por isso, não deixem a indiferença atingir vocês, qualquer pessoa que chame a atenção sobre estar mal, precisa de compreensão e o encaminhamento correto

evitem tratar de maneira romântica...

 as vezes uma brincadeira tipo parafrasear ~Lana del rey~ e dizer: queria estar morta
tem mais fundo de verdade do que a gente pensa
as vezes glamourizar a dor pode ser uma maneira de lidar com isso, mas não é impedindo as pessoas de exercer sua liberdade de expressão que vamos resolver essa questão
é tirando as pessoas da escuridão da ignorância.



e como deixar de ser ignorante sobre isso?
bom, já começa que a impressão das pessoas sobre alguns assuntos varia muito e geralmente tá bem errada...existem 500 fanpages "da depressão"
pra ilustrar N situações frustrantes, mas que nem de perto tem a ver com depressão,
o peso dessa palavra e de tantas outras é enorme, e não deveria ser usado de maneira tão banal (pq ajuda a incentivar a ideia de que a doença é algo banal)

Não tratar o problema do outro como frescura.
a pessoa pode deixar de falar sobre e guardar todo aquele sentimento ruim pra ela
evitem silenciar as pessoas....seja de qual maneira for
se você não se sente capaz de ajudar alguém, não atrapalha também
ou incentiva essa pessoa a procurar ajuda sozinha.

basicamente, todos ser humano já quis sumir, já quis morrer
todo ser humano já sentiu ódio de si e dos outros
a gente pensa que tem conhecimento o suficiente por ter experimentado um pouco disso
mas não tem, cada situação e pessoa é diferente

e assim como a primeira frase desse post, se você sente vontade de morrer, mate em você tudo aquilo que não te agrada, mate a tristeza, mate os sentimentos ruins, mas permaneça vivendo.

as coisas melhoram, acredite em mim ♥



Leitura que eu recomendo absurdamente: O Demônio do Meio-dia
o desenho eu retirei da fanpage berlin-artparasites, que sempre posta coisas incríveis, eu sinto vontade de compartilhar a fanpage inteira, recomendo muito deixar seu curtir lá ♥


14 comentários:

  1. Eu nunca passei por isso, mas acompanhei a depressão querer tomar conta da minha mãe. Felizmente ela conseguiu driblar isso e está bem e fazendo coisas que a fazem se sentir bem. Espero que sua situação não esteja tão crítica a ponto de tirar suas forças e que você sempre busque coisas que te façam bem.
    Beijão
    Zona de Conspiração

    ReplyDelete
    Replies
    1. as vezes eu passo por esses períodos críticos, mas eu sempre melhoro, é uma montanha russa, por isso é tão perigoso e precisa de acompanhamento D:
      espero que sua mãe esteja bem e fico feliz que ela conseguiu driblar essa situação ♥

      Delete
  2. Que orgulho de Você.
    Muito mesmo. ❤

    ReplyDelete
  3. Que orgulho de Você.
    Muito mesmo. ❤

    ReplyDelete
  4. Nossa, eu simplesmente amei o seu texto, cada palavra! Eu precisava ler algo assim c:
    Por eu estar passando por isso a bastante tempo, mas só estou começando a recair agr, to começando a desistir de tudo (essa semana mesmo já desisti do teatro, coisa que eu amo e que me fazia bem pakas), eu me achava forte por sempre aguentar calada, mas tive uma recaída terrível, não consigo mais sair da cama (isso é até bom, mas me faz muito mal)... Cara, obrigado pela leitura, admiro seu trabalho, beijo...

    ReplyDelete
  5. Depressão realmente não é uma doença glamourosa. Especialmente quando você está com uma vida emocional abalada, o que muita gente julga ''pejorativo''. Quando eu tive depressão eu estava passando em uma fase nova, eu entrei na faculdade não conhecia ninguém,perdi um cara que eu gostava muito e não veria minha melhor amiga mais e tinha perdido o meu cachorro. Me sentia sozinha. Graças aos meus familiares, eu hoje sei lidar com essa dor de uma forma melhor. Não podemos tratar esse tipo de assunto como frescura mesmo, porque a morte é a causa da dor mais subestimada.

    ReplyDelete
  6. Você é tão incrível, Lua, mesmo. Eu te admiro demais, amo seu trabalho, é realmente muito inspirador. Enfim, eu tenho esse problema de romantizar minha própria dor para ver se eu fico melhor de alguma forma, mas isso é tão terrível, porque, é, não é bonito :c Eu simplesmente as vezes não consigo cuidar de mim mesma, só faço o básico. Muito raramente vem aquele gás de querer fazer coisas legais e sei lá, mas sempre acabo caindo num buraco negro onde apenas fico deitada pensando em tudo que nunca conseguirei fazer. E realmente me sinto acomodada nessa tristeza toda, me acostumei a ficar vegetando e deixar todos fazerem tudo por mim, porque acho que sou fraca. Eu tinha uma amiga que se sentia triste como eu, era engraçado como eu tentava a fazer ficar viva, dizia para ela que tudo ia passar, quando eu não acreditava nisso. Felizmente ela parou (acho) com essas idéias. Ela pretende seguir. Isso foi ótimo, mas eu não consigo. Eu ainda de bônus tenho fobia escolar, essas duas coisas juntas me destruíram todos esses poucos anos de vida. É muito bizarro pensar que uma criança de 10 anos de idade já se sente triste, solitária, com vontade de morrer. Às vezes explodia e falava o que sentia minha irmã e pai só falavam "Ok, quer que eu pegue a faca?" "Tudo bem, se você morrer a gente te enterra". Isso só me deixava com mais vontade de acabar com tudo. Um tempo atrás, estava realmente decidida em me suicidar. E como eu sempre te admirei, pensei em te escrever, falando sobre como você foi importante na minha vida. Não me matei e realmente não sei se foi uma boa ou má escolha, mas de qualquer forma você continua muito importante na minha vida. Sou sua admiradora anônima kkk Continue sendo essa pessoa linda que você é. Obrigada se você leu isso ♥

    ReplyDelete
  7. Sabe, só uma coisa que queria adicionar: tudo a nossa volta nos influência. Tudo. Pessoas, com seus estados emocionais, ambientes com sua deprimência, como vemos as coisas, sistemas falhos. E o que ouvimos. Eu mesmo era uma pessoa que adorava escutar Placebo, e sabe, por mais bom que seja, é como uma droga que lhe consume com sua negatividade em meio as letras e ritmos, da qual te joga totalmente para baixo. A pior coisa a se fazer quando se esta para baixo, é estar em meio a algo que lhe deixa mais para baixo. Apenas restaram a menos deprimentes irônicas. Isso até me lembra de como algumas pessoas gostam de se identificar com musicas, "essa é minha musica", "esse sou eu', e acabam vivendo ali, no mesmo personagem que adotaram, por anos e anos, esquecendo que a vida não é composta de uma musica qualquer, mas varias OST's exclusivas para cada momento em constante mudança.
    Acho que fugiu um pouco o ponto, é. Só queria digitar isso mesmo.

    ReplyDelete
  8. Lua concordo muito com o seu texto. Acho que as pessoas que sofrem com isso precisam de ajuda, precisam de alguém ali, porque as vezes essas pessoas afastam quem mais amam pq não querem machuca-los, ai acabam afastando td mundo. Então é importante conhecer sobre o assunto pra poder ajudar. A depressão existe e sempre vai existir, afinal tudo que fazemos na vida causa dor, a dor nunca muda, o que muda é sua forma de lidar com ela. Problemas não vão simplesmente parar de aparecer e você vai ter um futuro feliz e perfeito, não, isso não vai acontecer, os problemas sempre existiram, é importante saber lidar com eles. Treinar a mente para que coisas assim não interrompam sua vida, não façam você deixar de fazer as coisas que gosta e as coisas que precisa fazer. Se você não treinar sua mente para levantar da cama você nunca mais terá um dia com muitas risadas e cada vez mais se fechará no seu casulo. (falo isso de uma forma genérica). Mas não é fácil de perceber essas coisas, por muito tempo passei por uma depressão horrível que não só me fez muito mal, mas também machucou quem estava a minha volta. Então o "livro de auto ajuda" ai encima são só as coisas que eu aprendi com o que vivi.

    ReplyDelete
  9. E sobre glamuorizar a depressão, não acho que seja uma coisa extremamente ruim, acho que é bem relativo. Por exemplo, se vc fizer isso td dia e td hora é como cavar a própria cova, mas se você estiver num momento triste, se expressar atravez de textos, músicas, poesias, atravez da arte em geral pode ser uma boa forma de desabafo. Sua tristeza não será totalmente inutil hauhsua, mas é importante não viver fazendo isso, não procurar motivos pra ficar triste só pq vc quer fazer uma coisa artistica nova. não ficar ouvindo aquela musica depre pra caramba o dia inteiro, vendo filmes de drama toda hora, etc. Pq isso acaba com a pessoa. Mas enfim, se souber medir isso não se torna uma coisa ruim.

    ReplyDelete
  10. Melhoras querida!♥
    Bora procurar um medico pra te ajudar!

    ReplyDelete
  11. Lua logo no começo você comenta sobre coisas q não sente vontade de fazer, minha irmã tem depressão e eu gostaria de saber como eu posso ajuda-la a querer fazer as coisas (isso inclue tomar banho e escovar os dentes) :/ tem algum dica?

    ReplyDelete
  12. Que pena , Lua ! Nunca imaginei te ver nessa situação , complicado ler isso .
    Já passei por fases depressivas , foi uma experiência horrivel .
    É clichê falar dessas coisas mas eu realmente me curei com religião .
    O ambiente em que nós vivemos e as pessoas com que convivemos influenciam na depressão; o mundo hoje em dia é muito agitado; tudo é pra "ontem" . pessoas depressivas são pessoas sensíveis a essa "agitação"

    ReplyDelete
  13. Eu entendo perfeitamente a que vc se refere.
    Eu uso a depressão pra produzir arte.
    Escrevo.
    É estranho pq ela se torna uma companheira e depois de um tempo é só o que vc tem. Vc até reluta em se tratar pra não perdê-la.

    ReplyDelete